Kit rua

Muitas vezes algumas pequenas mudanças podem gerar grandes benefícios. Basta olhar para o nosso dia a dia que identificamos várias possibilidades. Quantas embalagens desnecessárias utilizamos, e depois as descartamos em lixeiras espalhadas pelas ruas ou em casa mesmo? Poderíamos poupar muito com um pouco de planejamento. Que tal começarmos a andar com um pequeno kit? Uma sacola retornável, uma garrafa – para a água que leva de casa ou para um suco ou um café que comprar durante do dia –  e, eventualmente, uma bolsinha ou um pote para um lanche.

No início é difícil, e falo por experiência própria, mas acho que com o tempo assumimos essa atitude como um hábito. A partir daí tudo fica mais fácil. Ainda não me acostumei, mas logo vou conseguir. E a mudança começa em casa. Para montar o seu kit rua faz mais sentido que os alimentos sejam comprados em porções maiores, assim como a água que pode ser filtrada ou de galões de 20 litros. Dá para perceber que esse tipo de comportamento é mais saudável. Evitamos, por exemplo, comer aquela fritura maravilhosa para os olhos quando a fome aperta.

É mais fácil esse hábito ser adquirido por mulheres, pois sempre saímos com uma bolsa. Agora os homens precisariam passar a utilizar uma mochila. Mas, no final, esse pequeno esforço vale a pena. Veja quantos benefícios: reduz a geração de lixo, você gasta menos e se alimenta melhor.

kit rua sacola retornável kit rua kit rua


 

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

4 opiniões sobre “Kit rua”

  1. Bem lembrado!! O planeta e também meu bolso agradeceriam se as embalagens fossem mais simples. Não entendo também porque, no Brasil, ainda é tão difícil encontrar produtos bastante consumidos em embalagens maiores e mais econômicas.

  2. Concordo com o post! Acho que eh um tema complexo, pq muita gente defende que garrafas PET e de vidro sao reciclaveis, por isso pode-se consumir com a consciencia tranquila. Mas, ainda estamos longe de reciclar tudo o que se pode reciclar. Entao nesse meio tempo seria melhor consumir menos refrigerante/sucos e mais agua fervida (infelizmente no Brasil nao tem a opcao de consumir agua da torneira…). Acho que a alimentacao pode ter muito impacto, ja que criacoes de gado consomem muita energia e geram muita poluicao.

    1. É bem por aí mesmo… e vale lembrar que no caso da produção de carne no Brasil, esta é responsável em grande parte pela pressão de desmatamento que vem avançando do centro-oeste para o norte do país. Afinal, para ter boi é preciso ter pasto e ração, ambos demandando grandes áreas para criação e cultivo, respectivamente.
      E sobre reciclagem, até que o Brasil tem uma taxa elevada de recuperação de parte desses materiais (alumínio, então.. nem se fala). Entretanto, é uma pena isso não ser resultado de políticas públicas e ações do setor privado, mas sim das carências de nossa população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *