Aerofarm

Vegetais cultivados em prateleiras

Continuando a falar sobre tecnologia e sua contribuição para o Planeta e para o ser humano. Se por um lado, uma vida mais simples pode reduzir o nosso impacto, por outro, não podemos ignorar que o mundo segue crescendo e ainda existe muita gente sem ter o que comer. Nesse sentido, a inovação pode contribuir.

Segundo a ONU, 925 milhões de pessoas passam fome e até 2050,  20% da população mundial pode fazer parte deste grupo. Solos degradados, temperaturas extremas, fenômenos naturais intensos, redução da produção e aumento dos preços.

Somam-se a isso, a expansão do consumo, pois a população vai aumentar, e o desperdício de comida, que chega a 1/3 de toda a produção. Para a ONU, se o consumo continuar crescendo no nível atual, em 2050 precisaremos de 60% mais comida, o que exigirá 50% mais energia e 40% mais água. E a agricultura é o setor que mais gasta água no mundo, um recurso cada vez mais escasso. Estima-se que 70% da água utilizada no Planeta é destinada para irrigações.

E aqui entra a tecnologia para amenizar esses problemas.  Uma empresa de Nova Jersey (EUA), a AeroFarms, produz legumes e verduras sem luz solar ou terra, em um galpão ocupado no passado por uma siderúrgica. É uma fazenda vertical! E os planos são audaciosos: a companhia quer levar o modelo para várias outras regiões do mundo. Este tipo de produção não depende do clima, possui produtividade 75% maior que a obtida no sistema convencional, usa 95% menos água e metade dos fertilizantes e não demanda defensivos. Os alimentos são semeados em um material feito com garrafas de plástico, cultivados em bandejas e iluminados por lâmpadas LED.  As bandejas ficam em prateleiras dispostas umas sobre as outras, o que exige menos espaço. Um ponto negativo: a solução consome energia, mas que pode ser minimizado com a evolução deste segmento – energia eólica, energia solar, biomassa.

Espero que em um futuro próximo, ampliem essa forma de plantio ou criem outras alternativas para culturas de escala, como grãos, por exemplo. Uma prova de que a tecnologia, quando bem utilizada, pode ser uma aliada. E se a sociedade começar a demandar esse tipo de inovação, veremos cada vez mais soluções criativas e alinhadas ao bem-estar da humanidade, não só na agricultura, mas em diversos setores da economia. Assim é a lei do mercado.

Aerofarms fazenda vertical
Fazenda vertical (foto: AeroFarms)

(Foto: Pixabay)


 

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /var/www/html/fearimura.blog-dominiotemporario.com.br/web/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *