energia e combustível renovável

Energia renovável cresce no mundo

Na noite passada fiquei assustada com o temporal que assolou a região de Campinas, onde vivo. Foram ventos horríveis, granizo, árvores arrancadas, postes derrubados, casas destelhadas, avenidas interditadas.  Um cenário realmente assustador. Moro aqui desde o final de 2012 e recentemente, há umas duas, três semanas, presenciei a pior tempestade desde que me mudei. Ontem vi outra, mais intensa, e me pergunto: será que a tendência é piorar a cada dia? Espero que não, embora sem muita convicção de que minhas expectativas serão atendidas. E essas tempestades não estão ocorrendo no verão, época propícia para este tipo de fenômeno, mas no outono.

Essa mudança de comportamento da natureza me deixa muito preocupada e triste também, ainda mais neste período, que comemoramos a Semana do Meio Ambiente. Enfim… Ok, vamos tentar ver a luz no fim do túnel. Um relatório que acabou de ser divulgado, o  REN21’s Renewables Global Status Report (GSR), aponta que a utilização de energia e combustível renovável no mundo foi recorde em 2015.

Os novos investimentos na área cresceram de US$ 273 bilhões em 2014 para US$ 285,9 bilhões e a capacidade total, excluindo hidrelétricas, passou de 665 gigawatts para 785 gigawatts, um aumento de 18%. E essa expansão foi liderada principalmente por energia solar (+28%) e eólica (+17%). O número de países com políticas neste campo também evoluiu de 164 para 173.  E pela primeira vez na história, o investimento total das nações em desenvolvimento em energia e combustível renovável excedeu o de economias desenvolvidas, atingindo a marca de US$ 156 bilhões (+19%).

(foto: Pixabay)

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /var/www/html/fearimura.blog-dominiotemporario.com.br/web/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *